| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions! Dokkio, a new product from the PBworks team, integrates and organizes your Drive, Dropbox, Box, Slack and Gmail files. Sign up for free.

View
 

Plano de Aula 1° Série

Page history last edited by PBworks 12 years, 4 months ago

Nome: Juliane Bortolanza 

 

Caxias do Sul, 16 de novembro de 2007.

Componente curricular: Português

Conteúdo: Hora do Conto

Objetivo: Despertar o gosto de ouvir histórias.

 

Desenvolvimento do 1° componente curricular

 

Solicitar que os alunos se organizem na sala em semi-círculo e fixar no quadro um cartaz com imagens de monstros.

 

Questionar:

- O que vocês estão vendo?

Monstros

- Vocês já viram algum?

R.A.

- Eles existem ou fazem parte da nossa imaginação?

Não existem, fazem parte da nossa imaginação.

 

Exercicíos de Relaxamento

*Vamos fechar os olhos e imaginar que depois de um dia lindoonde brincamos muito, chegamos em casa muito cansados e já está noite então vamos dormir.

*Agora depois de uma noite de sono o dia começa a amanhecer então vamos abrir os olhos e ouvir uma história.

 

O Domador de monstros

Era uma vez, um menino chamado Sérgio. Um menino como você e eu, que às vezes tinha medo e às vezes era corajoso. Uma noite, antes de dormir, ele ficou olhando as manchas que as sombras das árvores lá de fora iam formando na parede do quarto. Elas mexiam, mudavam de lugar, viravam figuras de monstros horríveis, horrendos e horrorosos.

Sérgio ficou com medo. Para espantar o medo, o jeito era conversar com o monstro:

- Você pensa que me mete medo, é? Só porque é feioso? Se ficar me olhando assim, eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Sérgio fechou os olhos bem apertados e chamou um monstro mais horrendo, horrível e horroroso.

Quando Sérgio abriu os olhos, o monstro velho tinha ido embora da parede e lá estava o novo olhando para ele. Aí Sérgio disse:

- Se ficar me olhando assim eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou:

- Aí vem o monstro de um olho só e duas bocas.

 

Quando abriu os olhos, o monstro davelho tinha ido embora e lá estava o novo olhando para ele com seu olhos ó e suas duas bocas. Aí Sérgio disse:

- Se ficar me olhando assim, eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou:

- Aí vem o monstro com um olho só, duas bocas e três chifres.

E quando Sérgio abriu os olhos, o monstro velho tinha ido emborae lá estava o novo olhando parar ele com seu olho só, suas duas bocas e seus três chifres.

Daí Sérgio disse:

- Se ficar me olhando assim, eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou.

Então Sérgio avisou:

- Aí vem oum monstro de um olho só, duas bocas, três chifres e quatro trombas.

E quando Sérgio abriu os olhos, o monstro velho tinha ido embora elá estava o novo olhando para ele. Com seu olho só, duas bocas, três chifres e quatro trombas. Daí  a pouco Sérgio disse:

- Se ficar me olhando assim, eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou:

- Aí vem o monstro com um olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas e cinco humbigos.

E quando abriu os olhos, o monstrovelho tinha ido embora e lá estava o novo olhando para ele. Com seu olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas e cinco humbigos. Daí Sergio disse:

- Se ficar me olhando assim eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou.

E quando abriu os olhos, o monstro tinha ido embora da parede e lá estava o novo olhando para ele. Com seu olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas, cinco humbigos e  suas seis línguas. Um monstro meio engraçado. Daí a pouco Sérgio disse:

- Se ficar me olhando assim eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou:

- Aí vem o monstro com um olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas, cinco humbigos, seis línguas e sete rabos.

Quando abriu os olhos, o monstro velho tinha ido embora da parede e lá estava o novo olhando para ele. Horroroso e engraçado.

Sérgio estava com muita vontade de rir mas disse:

- Se ficar me olhando assi, eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou:

- Aí vem o monstro com seu olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas, cinco humbigos, seis línguas, sete rabos e oito corcovas.

E quando abriu os olhos um monstro engraçado horrível e gozado estava olhando para ele. Sérgio ficou com muita vontade de rir, mas disse:

- Se ficar me olhando assim, eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

Mas o monstro da parede nem ligou. Então Sérgio avisou:

- Aí vem monstro de um olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas, cinco humbigos, seis línguas, sete rabos, oito corcovas e nove pernas.

E quando Sérgio abriu os olhos, o monstro velho tinha ido embora e lá estava novoolhando para ele, horroroso e engraçado, horrível e gozado, horrendo e divertido. Sérgio não aguentava masi tanta vontade de rir mas mesmo assim ainda disse:

- Se ficar me olhando assim eu chamo um monstro mais feio ainda para te assustar. Mas o monstro da parede nem ligou.

Então Sérgio avisou:

- Aí vem o monstro de um olho só, duas bocas, três chifres, quatro trombas, cinco humbigos, seis línguas, sete rabos, oito corcovas, nove pernas , dez cores, onze caretas, doze sorrisos, treze risadinhas, quatorze gargalhadas, quinze cambalhotas.

E Sérgio ria tanto que nem conseguiufalar direito. Aí o monstro da parede se assustou com todas essas palhaçadas e foi embora.

 Gozados e divertidos. Com dezenas de risadas, centenas de gargalhadas e milhares de palhaçadas.

Sérgio riu muito até que acabou dormindo e sonhando. Sonhos em que não entraram montros horrorosos, horríveis e horrendos, mas entraram monstros engraçados.

                                                                                                                                                                               Ana Maria Machado

Questionar:

- Como era o nome do menino?

Sérgio

- O que ele ficou olhando antes de dormir?

As manchas na parede que a sombra das árvores faziam.

- O que as manchas pareciam?

Monstros

- Sérgio ficou com medo?

Sim

- O que ele fez para espantar o medo?

Começou a consversar com o monstro.

- o que ele dizia ao monstro?

Seficar me olhando assim eu chamo um monstro mais feio para te assustar.

- E o que o monstro da parede fez?

nem ligou.

- Então o que Sérgio fazia?

Chamava um monstro mais feio ainda.

- O que ele fazia para ver o monstro novo?

Ele fechava e abria os olhos

- Sérgio fez isso com vários monstros, como ele começou a ver esses monstros?

Engraçados, gozados e divertidos.

- Quando ele não aguentava mais de tanto rir, o que aconteceu com o monstro?

Ele se assustoucom todas essas palhaçadas e foi embora.

- Depois de rir muito o que aconteceu com o Sérgio?

Acabou dormindo e sonhando.

 

Atividade:

1- Desenhar em uma folha de ofício, como você imagina o monstro da parede ocupando todo o espaço da folha.

 

Observação:

 

Bibliografia: O domador de monstros - Ana Maria Machado

 

Avaliação:

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.